2014.06.09_Mesa_Redonda_Brasil_em_Jogo_26.1.jpg

 

Durante a década de 2010, o Brasil foi palco de dois megaeventos esportivos: a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Junto com o desafio de sediar tais atividades, uma série de questões veio à tona e, para sintetizá-las, surgiu o livro “Brasil em Jogo: o que fica da Copa e das Olimpíadas?”.

Originada de uma parceria da editora Boitempo com o portal Carta Maior, fez parte da coleção Tinta Vermelha. A produção contou com mais de 10 autores e tinha tanto argumentos que defendiam que os eventos eram uma janela histórica de oportunidades, quanto críticas que os consideravam excludentes e potencializadores da desigualdade social e do endividamento público.

No lançamento, no dia 09 de junho de 2014, foram organizadas duas mesas-redondas simultâneas, no Rio de Janeiro e em São Paulo, com alguns dos nomes que colaboraram para a publicação. No Rio de Janeiro, o Colégio Brasileiro de Altos Estudos foi eleito para receber a atividade. Como debatedores estiveram o cientista político Luis Fernandes, a premiada doutora em planejamento urbano pela UFRJ, Nelma Gusmão de Oliveira, o coordenador nacional do MTST, Vitor Guimarães, o coordenador do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ e doutor em desenvolvimento econômico e social, Carlos Vainer, e o diretor do CBAE e doutor em antropologia social, José Sergio Leite Lopes.

 

Programação completa:

 

Rio de Janeiro

Debate com Luis Fernandes, José Sergio Leite Lopes, Carlos Vainer, Nelma Gusmão de Oliveira e Vitor Guimarães (MTST)

Colégio Brasileiro de Altos Estudos da UFRJ

São Paulo

Debate com Raquel Rolnik, Jorge Luiz Souto Maior, João Sette Whitaker, Gilberto Maringoni e Guilherme Boulos (MTST)

Prédio de Filosofia e Ciências Sociais da FFLCH-USP

 

 

UFRJ Colégio Brasileiro de Altos Estudos - UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ