Adriana Vianna

 

No dia 23 de maio de 2016, às 14h, o Colégio Brasileiro de Altos Estudos (CBAE/UFRJ) recebeu a antropóloga Adriana Vianna e a socióloga Juliana Farias para a palestra “Movimentos contra a violência de Estado: gênero, território e afeto como política”.

Adriana Vianna é professora do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional (UFRJ). É autora de “O fazer e o desfazer dos direitos; experiências etnográficas sobre política, administração e moralidades” (2013); "Direitos e Políticas Sexuais no Brasil: o panorama atual", com Paula Lacerda (2004) e “O mal que se adivinha: polícia e menoridade no Rio de Janeiro, 1910-1920” (Prêmio Arquivo Nacional, 1999).

Juliana Farias é doutora em Sociologia pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGSA/IFCS/UFRJ) e pós-doutoranda no PPCIS/UERJ. Autora da tese “Governo de Mortes: uma etnografia da gestão de populações de favelas no Rio de Janeiro” (2014) e, com Adriana Vianna, do artigo “A guerra das mães: dor e política em situações de violência institucional”, (Cadernos Pagu, 2011).

A atividade integrou o ciclo de palestras “Novas questões sociais, trabalhadores urbanos, trabalhadores rurais: História e Perspectivas”, coordenado por José Sergio Leite Lopes (PPGAS/MN/UFRJ) e Beatriz Heredia (PPGSA/IFCS/UFRJ), diretores do CBAE/UFRJ.

 

 

UFRJ Colégio Brasileiro de Altos Estudos - UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ