No dia 08 de junho, o Colégio Brasileiro de Altos Estudos recebeu o sociólogo José Carlos Matos (UFRJ) para realização da palestra "Uma pesquisa sobre populações indígenas na cidade (Manaus, Altamira). O evento fez parte do ciclo "Trabalho, memórias, movimentos".

 

José Carlos Matos Pereira é doutor em Ciências Sociais pela UERJ. Hoje, atua como pesquisador no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (IPPUR/UFRJ), além de desenvolver a pesquisa "Política, família e aparatos públicos: os modos de vida indígena e sua participação política na cidade (Amazônia)" no Museu Nacional, onde faz pós-doutorado em Antropologia Social. Na palestra, abordou seu artigo "Indígenas a metrópole: lutas multiétnicas e identidade coletiva na cidade de Manaus (AM)", que explica como o fenômeno da organização da população indígena em associações étnicas vai de encontro a ideia de um desaparecimento indígena, contabilizado em estatísticas, e revela a urgência de políticas públicas baseadas em reivindicações identitárias que englobem as múltiplas etnias que vivem na cidade.

 

O antropólogo Edmundo Pereira (PPGAS/MN-UFRJ) conduziu o debate após a palestra. Pereira integra os  Laboratório de Pesquisas em Etnicidade, Cultura e Desenvolvimento (LACED/MN/UFRJ) e do Grupo de Estudos Sobre Cultura Popular (GECP/UFRN). Atualmente, coordena o projeto de pesquisa "Documenta Etnológica: coleções Tikuna, Karajá e Guarani", cujo objetivo é produzir materiais didáticos que contextualizem e expliquem tanto o acervo do Museu Nacional quanto as condições em que vem sendo constituído.

 

O ciclo de palestras "Trabalho, memórias, movimentos" aconteceu durante o primeiro semestre de 2018 e foi organizado pelos professores José Sergio Leite Lopes e Beatriz Heredia, diretor e vice-diretora do CBAE, com Antonio Carriço, pós-doutorando do PPGAS/UFRJ, com apoio da Comissão da Memória e Verdade (UFRJ).

 

 

 

UFRJ Colégio Brasileiro de Altos Estudos - UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ